segunda-feira, março 01, 2004

Comparações não sérias

Ao contrário do que hoje diz Mário Pinto no PÚBLICO, comparar 125 000 assinaturas conseguidas através de trabalho de rua, ainda que com suposto apoio e propaganda da comunicação social, com número idêntico delas conseguidas quase todas elas à porta das missas (com a consequente pressão moral sobre quem hesitasse ou se recusasse a assinar) não é sério.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial