sexta-feira, fevereiro 27, 2004

Os grupos do PS

Só quem não percebe de política ou quem não anda atento é que não quer ver que o Partido Socialista é hoje - tal como nos outros Pê Esses dessa Europa fora - , um conjunto de partidos e facções que convergem na procura do poder.

Existe claramente uma veia centrista no PS, uma veia de esquerda, e alguns laivos de direita.

O centrismo de Jaime Gama ou de António Vitorino pouco se diferencia da «quase direita» de José Sócrates e de José Lello (os tais que pensam que as conquistas sociais dos portugueses já estão feitas só porque os cidadãos enchem os supermercados e embarcam nas dívidas e dívidas...). Mas existem diferenças. A génese e as lutas de outrora são de esquerda nuns. E noutros a palavra esquerda, só por si, faz-lhes confusão.

E existe - e ainda bem - uma veia mais à esquerda. Ou melhor, de esquerda. Estão nesse campo António Costa, Ana Gomes, Ferro Rodrigues, João Cravinho, Helena Roseta, entre outros. Estes, tal como outros, pretendem ver um partido verdadeiramente de esquerda. Com as preocupações centradas no tal Estado Providência (ainda uma miragem para Portugal), e lutam por uma sociedade com uma grande classe média (algo inexistente no nosso país).

Ah! E ainda existe o grupo do camarada João Soares que tende a desaparecer em uma geração.

Todos estes grupos tendem a convergir para se conquistar o poder. No entanto, e por vezes, ao chegarem ao poder - recordo aqui que a única facção que nunca esteve no poder foi a dos «esquerdistas» -, esquecem-se das pessoas que lhe estão à esquerda, e olham só para a direita. Guterres fez isso. Má gestão na escolha de pessoas. Acordos com o PCP ou com o BE eram considerados heresias...erros políticos e vicíos de poder centralista.

Contudo, tenho uma teoria. Daqui a uns anos o PS irá dividir-se em dois. Será criado um partido centrista (onde alguns ex-comunistas como Pina Moura farão a ultrapassagem a toda a velocidade para esse centro). Com gente do PSD e os centristas do PS. E será criado um partido de esquerda (o verdadeiro PS) que irá conjugar o bom senso desta ala do PS mais os ex-extremistas do Bloco de Esquerda.

Mas isto são suposições...a ver vamos...
FLG

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial