quinta-feira, setembro 04, 2003

MÉDIO ORIENTE

Arafat vem dizer que o Roteiro para a Paz morreu. Como se ninguém tivesse dado nada por isso.

Enfim, enquanto Israel continuar politicamente dominada por sionistas radicais cujo desejo é uma efectiva expansão territorial do Estado de Israel sabe-se lá até onde e até mesmo extermínio de árabes, e Arafat for vivo e cada vez com mais vontade de se tornar um mártir, não me parece que haja qualquer saída.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial