quarta-feira, agosto 27, 2003

EXTREMA-DIREITA NORTE-AMERICANA

José Pedro Zuquete, no PÚBLICO, escreve sobre a extrema-direita norte-americana, que identifica com os Timothy McVeighs por lá existentes. E não considera Bush e os seus acólitos como a ela pertencendo.

Esquece-se com certeza de que, e isto é doutrina jurídica quase incontestável, por exemplo extrema-direita e fascismo não são realidades idênticas. Aliás, conceptualmente em Portugal não houve fascismo, mas sim um regime autoritário ultraconservador, que em alguns pontos não poderia ser mais oposto àquele.

Talvez uma qualificação de Bush como extrema-direita (ainda que muita da actual política externa norte-americana tenha muito a ver com a História daquele país, vide o escrito por Henry Kissinger em "Diplomacia") e da doutrina dos restantes citados como algo aparentado com o fascismo seja mais correcta.

Nem sequer passa pela cabeça de ninguém comparar Bush ao Ku Klux Klan, diga-se.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial