sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Gostava de ter escrito isto

Este artigo de Leonel Moura, com o qual concordo em absoluto, esperando que a última frase não se torne realidade.

2 Comentários:

Às 24 fevereiro, 2008 15:55 , Blogger Graza disse...

Disse Leonel Moura:
"Enfim, o fenómeno Alegre e de outros populistas que com ele concorrem não passam da versão local de gente que ficou para trás, que deixou de compreender o mundo"
Não sei se Pedro Sá subscreve, mas se subscrever está a afastar irremediávelmente muita gente do PS, porque eu prório, nunca me verei sem sonhos nas minhas opções políticas e ofende a minha consciência política quem insinuar que agora ando a reboque de populismos. Como se agora fosse proibido manter um partido critico e vivo no debate das coisas que preocupam o cidadão. Não milito em nenhum mas destestaria estar onde não me é permitido pensar com autonomia.
Desde que conheço o PS, acho que esta foi a altura em que uma das suas alas foi mais mal tratada, não tanto pelo leader, mas mais uma série de senhores Silvas que acabaram por ser mais papistas que o Papa e com alguma dose de caciquismo criaram eles próprios essa brecha.

 
Às 24 fevereiro, 2008 18:55 , Blogger Pedro Sá disse...

A questão é precisamente essa. Pensar com autonomia é possível em qualquer partido político. Mas esses de que LM fala estão-se totalmente nas tintas para qualquer lógica democrática. É a lógica de "se eu estiver na maioria todos têm que fazer como eu digo, se eu estiver na minoria ninguém me cala". Ora, isto no mínimo é hipócrita.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial