quinta-feira, janeiro 31, 2008

Cultura política

Segundo li online...

O líder social-democrata assinalou que, na intervenção na Assembleia da República, José Sócrates «revelou uma enorme preocupação com as propostas do PSD e pareceu querer debater com o líder da oposição por interposta pessoa [Pedro Santana Lopes]»: «É uma atitude que não faz sentido e o Parlamento não é lugar para esse tipo de debates, que estou aberto a realizar na televisão pública».

Então se não é no Parlamento é onde ? Que eu saiba o Parlamento é o local por excelência para o debate político.

E ainda há quem diga que não há diferenças entre PS e PSD. O PS, com maioria absoluta, transforma os debates mensais com o Primeiro-Ministro em debates quinzenais. O PSD, na linha da tradição cavaquista (portanto não se pense que isto é táctica por o se líder não ser Deputado), desvaloriza totalmente os debates parlamentares. É, como alguém dizia terça-feira, uma questão básica de cultura política, onde se distinguem os que concebem efectivamente a Assembleia da República como a casa da democracia e os que entendem que ela para nada ou quase nada serve.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial