terça-feira, outubro 30, 2007

Tsssk

A propósito destepost, não posso deixar de lembrar que a autora esquece-se, convenientemente, das verdadeiras causas para essa escolha das escolas privadas:

a) a paranóia da segurança das criancinhas tão característica da geração dos 40-45 anos (como se os riscos não fossem os mesmos de sempre);

b) a mania das aparências.

Para quem tenha dúvidas sobre este último argumento, basta ler este post. Que não me surpreende rigorosamente nada, pois Portugal é o país onde muita gente não sai para se divertir, mas para ver e ser visto e porque o sítio X é onde fica bem ir e tal. Isto para já não falar dos tristes que acham que um local X é bom, independentemente de tudo o resto, porque "tem gajas boas".

3 Comentários:

Às 30 outubro, 2007 16:53 , Blogger Pedro Tomás disse...

Quando falas em "gajas boas" tás a pensar em Bielo-Russas?
:))

 
Às 30 outubro, 2007 22:18 , Blogger Pedro Sá disse...

Sinceramente Pedro, achas que eu meto as AVIADORAS BIELORRUSSAS no mesmo prato que essas peneirentas ?

 
Às 31 outubro, 2007 20:05 , Anonymous Texas disse...

Perdoa-me não comentar o post com este meu comentário ao post,
mas, quero aqui mostrar a minha indignação!
Galego não é uma lingua estrangeira, Galego é portugues, o lisboeta é que é uma lingua estrangeira! Deturpação linguistica da lingua de PortoCale (Porto dos calaicos(Porto dos Galegos))!
Eu admitia uma insinuação dessas de uma vaca verde, não de um Lisboeta inteligente que nunca viu uma macieira! É o descréditoooo!

Muuueeee, Texas

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial