sexta-feira, abril 02, 2004

A TAP Afinal Sabe Voar

Ainda na Revista Prémio, leio que os resultados líquidos do Grupo TAP, já após a tão famosa auditoria que Cardoso e Cunha aguardava, ascendem a 19,7 milhões de Euros.

Mais: a TAP, gulosamente dividida por Cardoso e Cunha em três partes, Transporte Aéreo, Handling, e Manutenção e Engenharia, regista resultados líquidos em todas as áreas de negócio.

A gestão levada a cabo por Fernando Pinto na TAP vem comprovar que é viável uma «companhia aérea de bandeira nacional».

Compreende-se pois o desagrado de Cardoso e Cunha, cuja única missão como Administrador da nossa companhia aérea nacional seria aparentemente preparar a privatização da TAP.

Despeça-se imediatamente Fernando Pinto!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial