terça-feira, março 30, 2004

Esquerda, Direita, Estado e Ideologia

Li com extremo interesse o artigo A Direita e o Estado. Bastante realista quanto aos choques ideológicos que vão existindo à direita.

Por mim, continuo a considerar que o pólo essencial da divisão esquerda/direita hoje em dia, e que se acentuará quanto mais força tiver a direita liberal face à conservadora, refere-se ao papel do Estado. A esquerda acredita no Estado, a direita não.

Daqui, contudo, não se refira que esta esquerda que por aqui escreve endeusa o Estado. Bem pelo contrário. Os socialistas portugueses são acima de tudo defensores da liberdade e dos direitos fundamentais dos cidadãos. Já Augusto Santos Silva escreveu sobre o contributo das ideias liberais para o socialismo português.

Não é por acaso que todos os anos, quando me encontro com outros jovens socialistas europeus nos habituais acampamentos da ECOSY e da IUSY, não posso deixar de verificar as enormes diferenças ideológicas face aos meus camaradas do Norte da Europa. Com os suecos à cabeça, e o seu modelo de Estado que me tira totalmente do sério.


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial