sexta-feira, maio 26, 2006

Prescrições

António:

Fico muito surpreendido por ver um jurista pronunciar-se contra a prescrição, instituto fundamental para a existência de segurança jurídica.

Diga-se que o comentário a esse post que reconduz a vida à propriedade é o mais puro ROCOCÓ liberal, a propósito...

1 Comentários:

Às 26 maio, 2006 16:41 , Blogger AA disse...

Olá Pedro,

1. Eu não sou jurista, mas sim engenheiro civil de formação e de profissão. Daí que tenha mais facilidade para não falar do que é mas do que devia ser. Para a doutrina "liberal", as injustiças não prescrevem por convenção (antiguidade) ou por incapacidade dos responsáveis pela Justiça.

2. Quanto ao conceito de self-property ("vida"), é um tema interessante, mas não cabe aqui. Vou ver se escrevo umas linhas sobre o assunto.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial