terça-feira, maio 02, 2006

Definitivamente, temos a direita mais estúpida da Europa

Para não dizer imbecil. Basta ler isto.

Antes de mais, o 1º de Maio é de todos. Por exemplo, na Suécia (uma vez na vida dada como exemplo), o Kristdemokraterna, muito parecido com o nosso PP, também saiu à rua para uma manifestação do Dia do Trabalhador.

Trabalhar para clientes significa que são se queira ter direitos como trabalhador ? Ou se o problema são os prazos, só é bom trabalhador quem o faz para lá do horário de trabalho ao ponto de trabalhar em feriados, o que salvo situações extremas é coisa que demonstra uma enorme vontade de exibicionismo social ?

Querer direitos no trabalho é diabolizar o lucro ?

Querer direitos no trabalho é abominar a concorrência ? Esta então ultrapassa toda e qualquer compreensão.

Só falar em direitos ? Pudera, para além de ser da natureza humana quando se pretende por muitas vias ameaçá-los...

Querer direitos no trabalho é ser avesso à mudança ? O futuro radioso dos liberais é tudo estar nas mãos do empregador ?

De facto, estes liberais voltaram ao século XIX. Esta última então é exactamente igual à dos criadores franceses do Direito Administrativo, que consideravam que por natureza a Administração Pública nunca cometeria ilegalidades (impossível, nem que seja porque errar é humano...).

2 Comentários:

Às 02 maio, 2006 22:45 , Anonymous Anónimo disse...

Trabalhar fora do horário não significa mais produtividade ou empenho. Normalmente significa falta de planeamento e organização. Isto já para não falar naqueles que empatam o trabalho durante o dia só para mostrar aos chefes que são tão dedicados que até têm qe trabalhar fora de horas.´

José Manuel

 
Às 03 maio, 2006 01:33 , Blogger André disse...

"direita" e "imbecil" na mesma frase é redundante.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial