terça-feira, abril 06, 2004

Esta triste direita

Não percebo como é que, na sociedade actual, à direita ainda não dominam os verdadeiros liberais, prevalecendo os conservadores.
De facto, a direita conservadora caracteriza-se por algumas ideias absolutamente confrangedoras e retrógradas. Vejamos apenas dois exemplos:

1. Estava a ler a revista do Expresso quando deparei com um artigo sobre a telenovela Morangos com Açúcar. Pois nesse artigo se pode ler que a responsável da Escola Avé Maria critica essa produção televisiva por promover que os filhos tratem os pais como iguais.

Nem tenho palavras para descrever o que sinto ao pensar que alguém pode dizer isto. Os filhos e os pais devem, obviamente, tratar-se como iguais, no quadro de uma relação que acima de tudo deve ser de amor. A relação baseada no respeitinho e no medo é anacrónica.

2. Ao ler A Arte de Bem Governar, de Margaret Thatcher, a ex-Primeiro-Ministro britânica diz preto no branco que é contra a garantia de prestações sociais alargadas pelo Estado, porque assim as pessoas não vão querer dar dinheiro para caridade.

Ou seja, é mais importante as pessoas darem para a caridade do que garantir direitos ! Impensável !

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial