sexta-feira, fevereiro 06, 2004

Não Andará a Direita Nervosa?

Quanto às divergências de análise que nos têm afastado do The Bull and The Bear, devo apenas referir o seguinte:

- A crise internacional (e em especial na 'Zona Euro') começou em 2000, razão pela qual se iniciou igualmente a desaceleração do crescimento da economia portuguesa. Uma análise mais séria devia ter isto em atenção. Mas 'eu ainda sou do tempo? de ouvir o PSD, na Campanha eleitoral de 2001, dizer «com o mal da Alemanha podemos nós bem».

- Como, infelizmente, as projecções, por mais oficiais que são, não têm correspondido à realidade, não podem ter o mesmo valor dos valores reais já verificados. Pelo que sei, não se pode ainda afirmar tecnicamente que já saímos da recessão. Espero bem que sim. (para Luís Delgado, há um ano que estamos na retoma eminente...). Mas se a nossa Economia veio abaixo com as restantes, não mostra o mesmo comportamento na subida. É ver a nossa vizinha Espanha.

- Ou seja, se há condicionantes e responsabilidades externas, terá que haver claramente erros de política económica interna. Nas eleições de 2001, o Governo do PS foi julgado pelos que terá eventualmente cometido. Mesmo assim, não ficou a muitos votos do PSD.

- Constato pois que ainda não encontrei ainda nenhuma resposta às questões que tenho levantado sobre as actuais opções políticas deste Governo. Pelo contrário, parece que quem continua a ter responsabilidades governativas são António Guterres e agora... Mário Soares!

Aliás, quando a Direita tem de atacar Mário Soares para se defender, está praticamente tudo dito.
Se querem utilizar o discurso oficial do CDS de Paulo Portas, a escolha é vossa.
Porque o PSD, na altura da entrada do FMI em Portugal, também fazia parte do Governo (o tal de 'Bloco-Central').

Agradeço contudo o estímulo de memória, que me fez lembrar aquela sessão solene nos Claustros dos Jerónimos, com Mário Soares e Filipe Gonzalez a assinarem os tratados de adesão à então CEE...

Era Primeiro-Ministro Mário Soares
.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial