sexta-feira, fevereiro 06, 2004

Um disparate perigoso

Parece que o PSD quer tornar obrigatória no Ensino Básico ou no Secundário uma cadeira de Educação para a Saúde.

O objecto dessa disciplina seria a prevenção dos comportamentos de risco em relação à saúde física e mental e também dos comportamentos de civilidade.

Essa proposta merece que se coloquem as seguintes questões:

1. Tal objecto não está desde já consagrado na Formação Pessoal e Social ?

2. Não estando, por que motivo será impossível inclui-lo aí ?

3. Fará algum sentido obrigar à avaliação de conhecimentos sobre essa matéria ?

Pior: eu já tenho vindo a antever, tendo em conta o que se tem passado nos últimos anos, a ascensão e triunfo da ditadura do saudavelmente correcto.

Alguém duvida que a adopção desta medida é mais um contributo para se lá chegar ?




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial