quarta-feira, abril 12, 2006

Discordo

Pois é, Medeiros Ferreira.

Muito embora o CPE fosse uma proposta abominável, facto é que Chirac e Villepin mostraram ao Mundo a sua inacreditável cobardia.

Era mesmo eu que tendo uma maioria parlamentar ia recuar um milímetro que fosse...


A propósito. Hoje estava na casa de banho como de costume a ouvir a Mega FM e no noticiário das 8 falavam dos protestos "das populações de Souselas e de Setúbal". Ora, quando é que o jornalismo começa a ter alguma credibilidade e começa a falar em "grupos de moradores" ? Até parece que os cidadãos daquelas localidades elegeram em termos de sufrágio universal os grupos contestatários...

7 Comentários:

Às 12 abril, 2006 18:30 , Anonymous Anónimo disse...

Então você é que está correcto ?!? acha que não são as populações mas sim um grupelho de moradores. Você não passa de um verdadeiro cagão!!

 
Às 12 abril, 2006 20:27 , Blogger Pedro Sá disse...

Meia dúzia de pessoas arrogam-se em representantes de toda uma comunidade (não raro manipuladíssimas pelo PCP e pelo BE) e eu é que sou cagão ?

De facto, já chorei a rir.

 
Às 13 abril, 2006 00:06 , Anonymous Anónimo disse...

Ora, Pedro Sá, por isso é que não és democrata, és antes um herdeiro de tudo de mau que Rousseau representa!

 
Às 13 abril, 2006 08:55 , Blogger Pedro Sá disse...

Rousseau ? AHAHAHAHAHAH !

 
Às 13 abril, 2006 13:34 , Anonymous Anónimo disse...

concordo com o primeiro anonimo: voce^não passa de um cagarolas

 
Às 15 abril, 2006 17:39 , Anonymous Anónimo disse...

Pedro Sá não é para levar a sério, é arrogante e não diz nada de interessante.

O comentário sobre o CPE é disso exemplo. Lança o seu julgamento lapidar sem conhecer minimamente a França. Deve pensar, de modo simplista, que pode aplicar o que (se) vê na política portuguesa à política francesa. Faz-se um transplante e já está! É tudo a mesma coisa!

Se Pedro Sá soubesse do que fala, saberia que em França a rua vale mais do que a maioria parlamentar. Não sei se isto é bom ou não (nem é essa a questão), mas é um facto. E saberia tb que a maioria parlamentar na Assembleia Nacional esconde divisões muito importantes. Não é a maioria disciplinada de que Sócrates (felizmente) dispõe!

bien cordialement
Zacarias Torcato

 
Às 16 abril, 2006 15:17 , Blogger Pedro Sá disse...

Deixar que a rua valha mais que uma maioria parlamentar é um puro acto de cobardia, no mínimo.

Manifestações e protestos só nos podem fazer estar mais certos de que a razão está do nosso lado !

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial