quarta-feira, maio 12, 2004

A (extrema) direita ao ataque

Tenho recebido os posts do blog Maioria Não Silenciosa, um blog que ainda não consegui qualificar se é de direita se de extrema-direita.

Em qualquer caso, e eu que sou absolutamente insuspeito de qualquer simpatia pelo BE, tenho que condenar em absoluto a parte final do artigo Eles Mentem, Eles Perdem.

O articulista de serviço faz as seguintes considerações de âmbito parapolítico:
- "Como é que um mini partido como o BE tem dinheiro para pagar campanhas desta dimensão?
- Não será imoral que este partido gaste mais de 70.000 Contos/mês quando representa somente 2,6% dos votos dos portugueses?
- Um partido com dirigentes que tanto criticam o despesismo, têm moral para gastar enormes somas em campanhas negativistas?

Deixo aqui um apelo para que as autoridades competentes façam uma investigação aos gastos dos extremistas de esquerda, agora vendidos aos métodos do marketing do capitalismo".

Ora:
- o BE tem dinheiro para pagar campanhas da dimensão dessa, da mesma forma que o PCP e o PP o vão tendo para os mesmos fins; aliás, tal campanha é bem mais modesta que as destes dois partidos, apenas parece mais visível porque se optou por uma estratégia de concentração máxima nos centros urbanos;
- mais importante: o que é que tem de imoral um partido, valha o que valer nas urnas, gastar seja que quantia for em campanha eleitoral ? Para além de ser absolutamente legal, existir uma relação (ainda por cima do foro ético) entre o dinheiro que pode gastar em campanhas e os votos que teve na urna é algo de tão absurdo que nem me passa pela cabeça;
- mais grave: por que motivo é que a propaganda corresponde a despesismo, quando ela é nada mais do que uma forma de passar mensagem política ? Considerará o autor que as campanhas eleitorais são uma forma de despesismo, e que o ideal era não existirem eleições ? Aliás, gastando dinheiro em campanhas eleitorais, os partidos políticos contribuem para a criação de riqueza e de emprego;
- está visto que Nuno desejava um mundo em que só alguns pudessem usar todas as técnicas de marketing e outros não. É triste.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial