quarta-feira, janeiro 03, 2007

Assim sendo...

Este post de Ana Gomes é chocante até às últimas.

E já nem vou falar do feminismo radical que exclui deliberadamente os homens adultos como vítimas de violência doméstica (o qual, consagrado na lei espanhola, está em vias de ser considerado inconstitucional).

Antes de mais, porque assim sendo duvido que haja algum país no mundo que se possa considerar civilizado.

Depois, porque falar em a sociedade pôr fim à agressão sem ser através dos meios estatais parece configurar a legitimação de uma autotutela colectiva para casos que não os obviamente muito restritos previstos nos Códigos Civil e Penal. Exemplificando: tentem lá compatibilizar a legítima defesa de terceiros com a inviolabilidade do domicílio...obviamente não é nada fácil, no mínimo.

Por fim: do alto (ou das profundezas, tanto faz) da sua torre de marfim, cai na rotunda ingenuidade de pensar que as comissões de menores alguma vez servirão para alguma coisa que não uma necessária monitorização mais ou menos genérica. Pior: parece pretender conceder-lhes poderes de polícia ou equiparados !!!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial