sábado, abril 22, 2006

Inacreditável

Aqui, pode-se ler a resposta de João Braga à pergunta Se a revolução tivesse fracassado o país estaria hoje melhor ou pior?


A resposta é...

Depende. Para os que preferem o caos à ordem, a intranquilidade à segurança e a tolerância ao respeito, esses devem congratular-se. Mas para quem prefere a ordem ao caos, a segurança à intranquilidade, o respeito à tolerância, como eu, o país estaria muito melhor se a revolução tivesse fracassado. Antes da revolução não existia um Estado fascista. Tinha-se muito mais liberdade do que agora
.

Chamar-lhe fascista acho que é pouco.

5 Comentários:

Às 22 abril, 2006 23:55 , Anonymous «Liblog» disse...

No mínimo... chamar-lhe-ia ignorante... mas pensando bem... prefiro ignorá-lo... pois comentários que revelam tamanha insensatez, só me merecem isso mesmo... Cumprimentos.

 
Às 23 abril, 2006 04:14 , Anonymous Anónimo disse...

Tecnicamente, do ponto de vista de ciência política, o (terrível e nefasto) regime do Estado Novo até não era fascista. Salazar queria calma e vida mansa, vinho e fado. Benito fardava-se e desejava a expansão. A conquista, o movimento. A união suprema de um povo em direcção à supremacia.

Mas isto são contas de outro rosário, nas quais João Braga não estaria a pensar (se é que o homem pensa). Esse "fadista" não é um democrata, é isso que gostaria de salientar.

Mas noto também que Pedro Sá continua a incorrer num erro grave: vulgarizar o termo fascista. Da sua pena, até Manuel Alegre já recebeu essa designação!!

Julgo que Sá está a precisar de fazer um "upgrade" democrático... (já J. Braga precisava do hardware e do software todo). Muito ganharia.

cordialmente
Zacarias Torcato

 
Às 23 abril, 2006 05:34 , Blogger Pedro Sá disse...

Embora eu dispense upgrades democráticos, numa coisa tem razão: em Portugal não tivemos fascismo.

Mas quem diz uma coisa destas não merece outra qualificação.

 
Às 23 abril, 2006 09:36 , Anonymous Anónimo disse...

a carrinha do estrume ainda não passou por aqui?

 
Às 24 abril, 2006 11:19 , Blogger Monsenhor disse...

Não me obriguem a ir para rua gritar!!!!

M

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial