quinta-feira, outubro 09, 2008

Sobre um suposto paradoxo

O Rodrigo Moita de Deus afirma que or uma questão de coerência quem votou favoravelmente a lei do divórcio só pode ser contra a lei do casamento gay.

Parece ser irónico.

Mas em bom rigor não é. Porque, nos tempos que correm, facilitar o divórcio é um poderosíssimo incentivo a que as pessoas optem pelo casamento em detrimento da união de facto.

Claro que vós leitores conheceis a minha opinião sobre o assunto: abolição do estado civil JÁ !

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial