quinta-feira, maio 10, 2007

A falta de caracter que ja conhecemos

Traduzindo isto para portugues:

Queria a forca ser a candidata do partido so para ter poder, e percebendo que nunca o seria demite-se por birra so para querer fazer o partido perder.

Ou arranjou um pretexto para sair.

Por outras palavras: so nao digo o que realmente acho de Helena Roseta para nao ter em cima um processo judicial. Porque ela e tudo aquilo que voces pensem que eu acho dela e muito pior que isso. Pura e simplesmente, um nojo a todos os niveis. Ser presidente da ordem dos arquitectos so se pode explicar por esses profissionais terem (ingenuamente) pensado que poderiam levar avante varias coisas com alguem com peso politico.

8 Comentários:

Às 10 maio, 2007 12:32 , Anonymous Clara Martins disse...

Totalmente de acordo! Helena Roseta é do pior que a nossa democracia "produziu". Saltita de partido em partido e, quando não fazem o que ela quer (porque ela acha-se importantíssima...), as atitudes estão à vista. Acho que o PS, sem ela, fica mais limpo!

 
Às 13 maio, 2007 16:38 , Blogger Tribuna Socialista disse...

Há pessoas que pensam, agem e participam sem terem a canga dos partidos! ... A capacidade de intervenção independente dos partidos é uma expressão democrática genuína que a ditadura do representativismo nunca conseguirá compreender!
A Helena Roseta tem esse mérito, concorde-se ou não com ela!

 
Às 14 maio, 2007 00:42 , Blogger fg disse...

Enganaste tanto Pedro Sá. Não gostas da Roseta porque ela tem muito valor intelectual e porque ela vale muitos votos. Dando cabo da lógica partidária.

Nas urbes cada vez menos os partidos mandam, cada vez mais os cidadãos e os movimentos de cidadãos mandam. E isso mostra a evolução de uma sociedade mais participativa.

Sei que é chato para o PS, porque ainda podem perder as eleições e lá se vai o tacho daquela gente toda.

Mas, começa por perguntar aos arquitectos e que acham do trabalho da Helena Roseta, e depois verás que estás muito enganado.

 
Às 14 maio, 2007 00:49 , Blogger Pedro Sá disse...

1. Adoro a expressão "ditadura do representativismo", para mais quando essa pessoa se candidata a representar outras.

2. O objectivo dessa pessoa é única e exclusivamente fazer o PS perder as eleições.

3. Se tu achas que é bom meia dúzia de impreparados tomarem conta da cidade, problema teu.

4. Valor intelectual não tem. E mesmo que o tivesse nunca eu na vida iria atrás de alguém com tanta maldade dentro de si.

 
Às 14 maio, 2007 22:03 , Blogger Tribuna Socialista disse...

Pedro Sá,

Porque é que não te dedicas exclusivamente a esse evento chamado "Festival da Eurovisão" ? ...

 
Às 14 maio, 2007 22:12 , Blogger Pedro Sá disse...

Resposta simples e directa: porque não me apetece.

 
Às 16 maio, 2007 11:50 , Anonymous BRI disse...

A helena Roseta é a tipica antitese e a pior génese que existe nos Partidos...aquel tipo de pessoas que usam os partidos para se servirem a si mesmos.

O simples facto de ser filiado num partido, obriga obviamente à aceitação da democracia interna dos partidos e à vontade democrática da maioria.

Quem quer ter uma posição pública totalmente e sem ter o "peso" e a "reponsabilidade" colectiva de pertencer a um partido, então é independente.

Quem aceita pertencer a um partido, tem lógicamente que aceitar a democracia interna...ah!podem dizer que ela não existe nos partidos e em especial no PS, então quem lá está (como estva a helena roseta) e se identifica ideologicamente com o partidop que lute nesse sentido e não abandone o barco ao sabor dos interesses pessoais.

Mas não há maior prova de falta de humildade democrática do que ir a um congresso +partidário, falar quando quer (como grande figura) e depois ir embora num gesto de desrespeito óbvio para com os congressistas....tipo rei na barriga!!Nao é Alegre???

Enfim estórias do "servidorismo" individual

 
Às 16 maio, 2007 15:58 , Anonymous Anónimo disse...

O Sá Fernandes já subscreveu a candidatura da roseta...uiuiu!!!
Ja está com um pé no Bloco....a esquerda elitista e sectaria!!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial