segunda-feira, dezembro 11, 2006

Esta é para quem me chama direitista

Isto.

Porque, de facto, quem é de realmente esquerda sabe que é função do Estado garantir os direitos sociais, e não de cada um de nós individualmente.

O Estado, representante da comunidade, garante direitos a quem preenche os determinados requisitos. E, eventualmente, confere protecção financeira a essas ou a algumas dessas pessoas.

Isto é, quem se considera dever estar protegido é protegido. Quem por aí ande aos caídos recusando as possibilidades que lhe são dadas, etc. etc., não recebe qualquer tipo de protecção.

Um sistema baseado na caridade individual é arbitrário e acaba por natureza por dar protecção a quem a não deveria ter.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial