sexta-feira, julho 08, 2005

Manual para o Acerto de Contas

Leio no Público que o inefável Marcos Perestrelo enviou a todos os candidatos autárquicos do PS um Manual de Campanha e uma cartinha, advertindo-os que o PS não se solidarizar-se-á com quem não cumpra a lei (do financiamento das campanhas eleitorais, entenda-se).

Mais concretamente «Em carta enviada às estruturas, os membros da comissão permanente do PS avisam: "se não cumprirem a lei, solidariedade não haverá nenhuma".»

Temos pelo menos a garantia de que Marcos Perestrelo é um especialista em acertar as contas no PS, bem como naquela parte do "solidariedade não haverá nenhuma"...

A ver vamos...

8 Comentários:

Às 09 julho, 2005 18:01 , Blogger Pedro Sá disse...

Convenhamos que estou solidário com o Marcos.

Cada um assuma a responsabilidade das ilegalidades que faz e não queira envolver o Partido.

 
Às 09 julho, 2005 18:01 , Blogger Freddy disse...

Fogo, e eu q pensava q a solidariedade socialista era incondicional...Ah, desculpa, isso era no tempo em q a Internacional foi composta...

Abraço da Zona Franca

 
Às 11 julho, 2005 01:35 , Blogger mfc disse...

Perguntem a um contabilista como é que se fazem contas...

 
Às 11 julho, 2005 05:05 , Blogger André disse...

Também não vejo mal na atitude do Marcos. Legalidade e honestidade só ficam bem.

 
Às 11 julho, 2005 12:19 , Blogger Marcelo Moniz disse...

Comentários:

1º O Camarada chama-se Marcos de Vasconcellos e Perestrello e não inefável Marcos Perestrelo.

2º A relação de solidariedade é biunívoca - existe alguém dá e alguém recebe. Haverá algum socialista que queira a solidariedadezinha do Marcos?
Recordam-se do anúncio: Foi você que pediu um Porto Ferreira ? Que tal, Foi você que pediu um Marcos Perestrello ?

3º Atendendo ao baixo nível de instrução dos nossos autarcas, acredito que muitos não entenderão o que foi escrito. Nesse sentido proponho que seja acrescentado:
"Se não cumprirem a Lei, solidariedade não haverá nenhuma. A SEDE NACIONAL APENAS SERÁ SOLIDÁRIA COM OS MALEIROS REGISTADOS NO LARGO DO RATO QUE RECEBAM DOS CONSTRUTORES CIVIS VALORES SUPERIORES A 20 MIL EUROS."

Ou seja, traduzindo por miúdos (não são os da casa pia)
o que o Marcos quis dizer:

Autarcas, vocês podem não cumprir a lei, isto é, podem recolher e gastar o dinheiro quiserem, podem nem passar recibos e nem terem documentos reconhecidos contabilisticamente, que nós estamos nas tintas. Não nos venham é depois chatear, pedir batatinhas e solidariedade como fez a Fátima Felgueiras!

4º Nesse sentido, o PS demonstra total IRRESPONSABILIDADE, não exigindo que os candidatos a candidatos a autarcas cumpram a Lei.

5º Já agora, e porque somos governo, e porque parece que estamos muito preocupados, não podemos alterar esta palhaçada das Leis do Financiamento dos Partidos Políticos e das campanhas eleitorais ?

6º Ou será que esta carta do Marcos é apenas marketing politico para-inglês-ver ? Alguem acredita que o TUGA autarca deixará de mandar fazer mais uns milhares de pendões e aventais por causa da carta do Marcos ?

Já agora, vai um Porto Ferreira?


Cumprimentos com solidariedade,
Marcelo Moniz

 
Às 11 julho, 2005 13:20 , Blogger Pedro Sá disse...

1. Corrija-se: Marcos da Cunha e Lorena Perestrello de Vasconcellos.

2. Concordo por inteiro com o ponto 5, o pior é que é daquelas coisas politicamente correctas tão do agrado de certos Deputados do PS, que acham isto o máximo !

 
Às 11 julho, 2005 13:30 , Blogger Freddy disse...

A não perder a reportagem fotográfica do Grande Prémio Histórico da Boavista feita pelo Agente Pingú na Zona Franca

 
Às 11 julho, 2005 16:48 , Blogger Monsenhor disse...

Meu Deus,

Tanta desconfiança na vinha do Senhor....Já o rapaz, conhecido pelos seus méritos como controleiro do SG SSP, não pode avisar a malta que o Secretariado do Partido não está para manchar o governo de 'salvação nacional' com solidariedades políticas com tipos que fazem do exercício do Poder uma negociata constante. Tenham dó...

Se nem tudo o que luz é ouro, nem tudo o que vem do Marcos é mau...

Monsenhor

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial