terça-feira, agosto 09, 2005

Visca Catalunya!!!!!

Meus caros amigos bloggers,

Apesar de estar de férias nao resisti e fui dar uma olhadela ao descredito. Já vi que andam animados: ora temos nomeacoes para a CGD, ora temos incêndios, ora ainda temos o Alegre (será mesmo alegre?) a fazer birra (do tipo: eu vi primeiro, a bola é minha!!!!!)

Contudo, andando voces entretidos com a actividade política aí do burgo, nao resisto a conversar um bocadinho convosco sobre a situaçao política aqui na Catalunya.

Aqui discute-se o Estatut. Um documento que define a natureza da autonomia catala.

O PSC (os nossos camaradas - que dizem que sao companheiros, porque isso de camaradas 'es para los rojos', governam em coligacao com a ERC (Esquerra Republicana da Catalunya - independentistas que chegaram a ser vinculados ao Terra LLiure - a ETA cá do sítio) e a IC - a IU da Catalunya - o PC e os Verdes numa versao mais cosmopolita - ou seja, mais intelectuais e menos operários).

A ERC quer alterar a constituicao espanhola, para poder considerar no Estatut a possibilidade de secessao (grandes malucos hein??) O PSC é contra (o Zapatero também); a IU tenta fazer as pazes.

A CIU (coligacao de centro-direita nacionalista) mete 'leña al fuego'. Nao precisa de fazer compromissos em Madrid (como fazia o Pujol) e a queda da coligacao pode permitir-lhe voltar ao poder. O PP está contra. Contra o quê? Contra tudo e todos.

O PP nao se recuperou do 11-M. Nao assumiu a derrota. Diz mal. Está isolado. Perdeu força no País Basco, perdeu a Galiza, e espera que a Espanha 'va mal'.

Se a coligacao cair, o PSOE perde o apoio da ERC no parlamento em Madrid. Como tem minoria, precisaria do apoio de outro partido para fazer passar o orcamento. Como o PP nao conta so sobra a CIU.

Já viram como a política portuguesa é simples. Ainda assim, esta gente empreende, cria riqueza, cresce muito acima da média europeia, e sempre viveu com questoes desta índole. O desemprego na Catalunya está ao nível do português, o PIB crescerá mais de 3% e a confiança (e alguma soberbia) anda nos píncaros.

Fazer de Barcelona o maior porto mediterrânico; a maior plataforma logística da península; aumentar o investimento em I&D para a média europeia, etc,etc, sao objectivos que se vao colocando. Fizeram os Jogos Olimpicos, o Forum das Culturas, e nao andam a chorar todos os dias os investimentos públicos que o Estado quer fazer.Pelo contrário...querem por Barcelona no Mapa. Querem ser um motor e nao levados ao colo por Madrid.

Apesar de toda conflitualidade têm dois compromissos (que incluem o PP e o PSOE): a política orcamental (0% de défice) e a Seguranca Social (o Pacto de Toledo). Estes aspectos nao sao passíveis de discussao eleitoral. Tudo resto é puro conflito, dia-a-dia.

Ás vezes pergunto-me se os genes sao assim tao diferentes...com tanto casamento com princesas castelhanas e aragonesas nao haverá por aí alguém que dê um impulso neste pantano lusitano (que tenga HUEVOS!!!!!!).


Abs desde BCN

M


2 Comentários:

Às 10 agosto, 2005 09:46 , Blogger fg disse...

Depois da respectiva vénia a V. Exa, queria aqui escrever que os Catalães não são espanhóis. São uma espécie de portugueses bem sucedidos.

E deveriam ser exemplo aqui para as terras Lusas. Pois enquanto uns tentam depender menos e menos de Espanha, outros parecem que querem fazer parte dela...

 
Às 10 agosto, 2005 10:21 , Blogger Marcelo Moniz disse...

Euri:
Quero ter um filho teu !
España me mata !

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial